produtividade

Os cursos por serem muito extensos, exigem comprometimento do aluno durante anos. Trabalhos, matérias, leituras, convivência: todos os estes fatores desgastam muito. 

Então, é normal que a produtividade não seja a mesma durante o início do curso, onde o empenho por obter as melhores notas era maior. A procrastinação, maior inimiga dos estudantes, assombra aqueles que precisam de melhores resultados. 

Deixar uma leitura importante de lado para realizar outra tarefa que não vá lhe agregar em nada, mas ainda assim são divertidas, é uma das tentações difíceis de superar ao longo dos quatro ou cinco anos de graduação.

 

É natural que chegue em um determinado ponto que você esteja farto de estudar o mesmo conteúdo e acabe esquecendo que uma graduação é investimento pessoal a longo prazo, para que futuramente você possa ter qualificações admiráveis. 

ORGANIZAÇÃO

Mas afinal, o que seria aumentar a produtividade na universidade? Notas melhores? Mais presença nas aulas? Estas questões ficam a seu critério, fazendo análises naquilo que você mais está “devendo”. A produtividade pode ser entendida como um processo de aumento de desenvolvimento, assim como sua qualidade. Atente-se a pequenos detalhes que podem fazer toda a diferença para atingir suas metas. 

Disposição

É indispensável, mesmo com a carga de tarefas diárias, que você se mantenha disposto a finalizar o que começou. 

Procure dentro dos seus horários o momento mais produtivo do seu dia. Neste ínterim, adicione um tempo pequeno de estudo, podendo ser apenas alguns minutos. Assim, sua produtividade irá sendo realizada gradualmente e sem muito cansaço. 

Cronogramas

Analisando o item acima, você pode a partir daí, montar um cronograma. Isso significa adicionar uma rotina extra, não sendo necessário ter horário fixo, mas que possua constantes. 

Separe as matérias dentro de um calendário conforme a demanda do seu curso, buscando encaixar os conteúdos próximo as provas. 

É importante saber fazer esta montagem, pois nada adianta dedicar-se a um conteúdo que será cobrado apenas num futuro distante; em outro semestre, por exemplo. Para este cronograma, procure envolver todas suas habilidades para que não haja deslizes e não pule nenhum dia do seu calendário.

DICA EXTRA: ESTUDE NA ESTÁCIO

A Estácio tem bolsas de até 50% de desconto nos cursos de graduação EAD e Presencial. Escolha seu curso e faça sua matrícula agora mesmo: https://matriculas.estacio.br.

Organização

Um ambiente organizado remete à produtividade. Todo e qualquer lugar que esteja bagunçado, com arquivos e livros espalhados sem nenhum tipo de ordem pode causar uma grande confusão

Separe, dentro do seu ambiente de estudo, apenas aquilo que você considera essencial: livros, apostilas, canetas, cadernos, etc. Livre-se das distrações como celular e televisão. 

Estes dois são grandes gatilhos para a procrastinação, pois seu leque de entretenimento é naturalmente mais chamativo do que trabalhar nos seus estudos. Além disso, um local silencioso é bem mais agradável. Então, encaixe seu cronograma junto com a organização num local onde não haverá alvoroços nem cochichos. 

Alimentação

A alimentação é fundamental para suas horas de estudo. Além de repor as energias e os nutrientes necessários para continuar gastando energia, você pode fazer uma associação de sabores com o conteúdo estudado! 

Essa é uma técnica psicológica muito utilizada por estudantes, quando o cérebro associa o sabor de um alimento retomando a memória, lembrando-se daquilo que você estudou. Se você passa longas horas estudando sem se alimentar corretamente, certamente seu desgaste físico e mental será maior, assim trará danos à saúde e você não está estudando para ficar doente, não? 

Notificações

Imagine a seguinte situação: você está dedicado a estudar uma matéria que tem mais dificuldade e está em um nível alto de concentração e de repente seu celular vibra indicando uma notificação nova. Esta notificação é algum amigo convidando para sair, iniciando uma longa conversa. Quando se der por conta, você passou minutos ou até horas no celular e perdeu completamente o foco. Claro, distrair-se e fazer pausas regularmente é necessário e muito importante, mas deve haver a hora certa e previamente programada para isto. 

Grupo de estudos

Não há dúvidas: você não é o único que está tendo dificuldades para manter o foco na graduação. Desta forma, uma opção muito bacana é juntar-se a algum grupo de estudos com outros colegas que estão passando pelas mesmas dificuldade que você. Assim, será possível compartilhar dúvidas e respostas. 

Procure um ambiente tranquilo, como, por exemplo, a própria biblioteca do campus da sua universidade, pois além de ser propícia para isso, não há o transtorno de todos se locomoverem a um determinado local para iniciar os estudos. 

PRODUTIVIDADE FINAL

Após realizar os passos citados, analise calmamente seu progresso: observe seu comportamento perante aos estudos, se houve ou não houve desenvolvimento positivo. Se você seguiu as dicas à risca, é bem provável que tenha obtido bons resultados, mas caso a resposta seja negativa, reavalie a forma como você está praticando estas dicas, planejando-as de outra maneira. Sempre tenha em mente o objetivo final, que é a conclusão do seu curso e também que há inúmeras maneiras de produzir mais sem grandes esforços.